domingo, 25 de agosto de 2013

Simulado de HISTÓRIA E GEOGRAFIA DO BRASIL / HISTÓRIA E GEOGRAFIA DE RONDÔNIA


Questão de concurso 5649
1 .(IDARON-RO, Funcab - Assistente Administrativo - 2008) “Entre 1960 e 1980, os incentivos fiscais à agricultura e a descoberta de minérios provocaram um surto de desenvolvimento em Rondônia, e uma onda de imigrações elevou a população de 70 mil para 500 mil pessoas.”
De acordo com o IBGE, no Censo Demográfico de 2000, este total atingiu 1.379.787 habitantes. Essa aceleração no crescimento da população de Rondônia pode ser atribuída: 
A ) aos dois ciclos de extração de látex que permitiram a fixação dos seringueiros vindos do Ceará em vários povoados ao longo do rio Madeira e do Mamoré;
B ) à distribuição da população rondoniense ao longo dos rios que cortam o estado e seus afluentes que, com atividades extrativas vegetais, fixam a população no campo;
C ) à Comissão Rondon, que instalou estações telegráficas em Vilhena, Pimenta Bueno, Ji-Paraná, Jaru, Ariquemes e Porto Velho, o que permitiu a comunicação entre essas cidades e acelerou o processo de urbanização;
D ) a um conjunto de fatores de ordem política, socioeconômica de infra-estrutura (abertura da BR-364) que, ao atrair fluxos de migrantes de vários estados, aumentou a população e a rede de cidades;
E ) ao aumento das atividades extrativas minerais e vegetais que atraiu migrantes tanto do Nordeste como do Sul do país e representavam mão-de-obra qualificada.
       
Questão de concurso 5652
2 .(IDARON-RO, Funcab - Assistente Administrativo - 2008) A estrada de ferro Madeira-Mamoré foi um fator de relevante importância para o vale do Madeira, pois até 1907 existia apenas um povoado, o de Santo Antônio do Rio Madeira. A construção da ferrovia trouxe para a região os mais variados grupos sociais, como operários, mascates, comerciantes e as diversões. Assim, a partir daquele ano, formou-se a cidade de: 
A ) Esperidião Marques;
B ) Porto Velho;
C ) Abunã;
D ) Vila Murtinho;
E ) Jaci-Paraná.
       
Questão de concurso 5655
3 .(IDARON-RO, Funcab - Assistente Administrativo - 2008) A ocupação inicial de Rondônia insere-se no todo das atividades extrativistas desenvolvidas no período colonial na Amazônia. Ela foi importante por que: 
A ) aproveitou a mão-de-obra dos seringueiros que vinham do Nordeste, em especial de cearenses;
B ) aproveitou a mão-de-obra indígena na coleta das chamadas “drogas do sertão”;
C ) reproduziu em Rondônia o sistema de monocultura da seringueira que existia na Amazônia;
D ) desenvolveu a região, o que permitiu a fixação do homem ao longo dos rios;
E ) viabilizou a integração da Região Norte do Brasil com os países andinos.
       
Questão de concurso 5658
4 .(IDARON-RO, Funcab - Fiscal de Defesa Sanitária - 2008) Reflita sobre o seguinte trecho da matéria “Amazônia: a verdade sobre a saúde da floresta”
“Na Amazônia encontram-se duas vezes mais espécies de aves que nos EUA e no Canadá. Apesar dos números superlativos, calcula-se que apenas um décimo da biodiversidade da região tenha sido estudado. [...] Não se sabe ao certo em que medida o desaparecimento desse extraordinário bioma afetaria o aquecimento global. Mas estudos recentes mostram que o sumiço da floresta alteraria a precipitação das chuvas em várias regiões do globo, entre elas a Bacia do Prata, a Califórnia, o sul dos EUA, o México e o Oriente Médio, causando perturbações à agricultura dessas regiões. No Brasil não seria diferente.”
(In: Veja, 26/3/2008, p.96 Edição Especial)
Do ponto de vista geográfico, os impactos ambientais decorrentes da ocupação humana e das atividades econômicas em Rondônia fazem-se presentes no desmatamento, nas mudanças climáticas, no desaparecimento de espécies da fauna e da flora e de outros recursos naturais. Daí a importância do “desenvolvimento sustentável”. Assinale a alternativa que explica este conceito-chave: 
A ) tipo de desenvolvimento que não exige dos governos ou das pessoas um posicionamento ideológico ou uma consciência ecológica, pois a sociedade se apropria da natureza, usa seus recursos e preocupa-se somente com o que dá lucro financeiro;
B ) modalidade de desenvolvimento que se preocupa em ampliar as áreas desmatadas da Amazônia como forma de aumentar a produtividade do agronegócio, visando a exportação para países do Hemisfério Norte;
C ) tipo de desenvolvimento, em que as florestas tornam-se intocáveis e servirão de reservas para as populações futuras, pois as intervenções humanas estão contribuindo para a degradação ambiental em Rondônia;
D ) desenvolvimento que implica em mudanças no nosso comportamento, na formação de uma cultura englobando princípios como sustentabilidade - econômica, social, ecológica e político-institucional; integrando esses elementos, muitos deles conflitantes ou concorrentes, num processo de gestão de conflitos sociais;
E ) tipo de desenvolvimento que causa danos ambientais, mas que é paradigma para o sistema capitalista industrial, pois visa a exaustão dos produtos naturais de um estado como Rondônia, não se importando com as consequências para os habitantes locais e prejuízos para o país.
       
Questão de concurso 5661
5 .(IDARON-RO, Funcab - Fiscal de Defesa Sanitária - 2008) Em meados do século XVIII, a seringueira, também denominada de látex, entrou para o mundo da ciência como produto vegetal mais cobiçado do planeta. Essa borracha era infiltrada em tecidos, lãs e couros e os tornava impermeáveis. Com a demanda crescente pelas fábricas nos EUA e Europa, houve, no norte brasileiro, uma atração de mão-de-obra e a penetração para o interior da floresta. Esse “boom” da riqueza transformou Manaus de um povoamento indígena em uma cidade de cerca de 50 mil habitantes (1880).
No entanto, com o contrabando, pelos ingleses, de sementes de seringueira para a Malásia, Manaus tornara-se quase uma cidade fantasma e a economia regional ficou arruinada. Neste contexto, os primeiros exploradores que chegaram aos vales dos rios Madeira e Mamoré, iniciando o 1º Ciclo da Borracha em busca das seringueiras, pertenciam a três grupos básicos: 
A ) nativos e sulistas; os africanos e os portugueses;
B ) bolivianos e escravos; os mulatos e os portugueses;
C ) mamelucos e os nativos; os bolivianos e os nordestinos;
D ) negros e nordestinos; os nativos e os bolivianos;
E ) escravos e índios; os nordestinos e os bolivianos.
       
Questão de concurso 5664
6 .(IDARON-RO, Funcab - Fiscal de Defesa Sanitária - 2008) Há mais de dois séculos a borracha nativa do Brasil (Hevea brasiliense) tem sido importante fator econômico da região amazônica. As variações entre a maior ou a menor demanda está relacionada, infelizmente, a guerras. No primeiro Ciclo, houve uma rentável exploração durante a guerra franco-alemã, em 1872. A partir de 1912, ocorreu uma grande desvalorização da borracha brasileira e, consequentemente, gradativo abandono das áreas de sua produção. O Segundo Ciclo da Borracha só teve início anos mais tarde, em função de uma grande contenda bélica, já nos meados do século XX.
Nesse contexto, devemos considerar: 
A ) a eclosão da Guerra do Paraguai, que interferiu no aspecto político mundial;
B ) a Revolução Espanhola que alterou o panorama econômico mundial;
C ) a eclosão da Segunda Guerra Mundial, que transformou os aspectos sócio-econômico-político mundial;
D ) a Guerra do Golfo, que mudou drasticamente os aspectos sócio-políticos do mundo atual;
E ) a eclosão da Guerra de Secessão (EUA), quando foi afetada a economia norte-americana, atingindo também a economia mundial.
       
Questão de concurso 5667
7 .(SESAU-RO, Funcab - Médico - 2009) Em sua vasta extensão territorial, o Brasil situa sua economia entre as metrópoles do Sudeste e áreas quase despovoadas, que começam agora, a integrarem-se à economia nacional. Entre estas áreas, podemos citar estados como Tocantins, Acre e Rondônia entre outros. Esta integração é feita atualmente por: 
A ) vasta área de lazer e cultura;
B ) extensa rede de transportes;
C ) expansão das fronteiras agrícolas;
D ) investimento em conservação ambiental;
E ) aumento considerável do transporte hidroviário.
       
Questão de concurso 5670
8 .(SESAU-RO, Funcab - Médico - 2009) No ano de 1956 a Lei nº 2.731 mudou o nome “Território de Guaporé” para “Território Federal de Rondônia”. Posteriormente, a Lei Complementar nº 41 elevou Rondônia à condição de Estado. Isto ocorreu durante o governo do presidente: 
A ) João Batista de Figueiredo;
B ) Getúlio Vargas;
C ) Eurico Gaspar Dutra;
D ) Juscelino Kubitschek;
E ) João Goulart.
       
Questão de concurso 5673
9 .(SESAU-RO, Funcab - Técnico em Enfermagem - 2009) A construção da ferrovia Madeira-Mamoré, situada no Estado de Rondônia, beneficiou o Brasil e outro país da América do Sul. Este país é: 
A ) Bolívia;
B ) Peru;
C ) Chile;
D ) Paraguai;
E ) Argentina.
       
Questão de concurso 5676
10 .(SESAU-RO, Funcab - Assistente Administrativo - 2009) Embora pareçam uma só, a região Norte e a Amazônia são duas formas de regionalização diferentes. O Estado de Rondônia faz parte delas, mas o que as diferencia é que a Amazônia: 
A ) tem cerca de 3,8 milhões de km²;
B ) é uma região muito povoada;
C ) possui um grande complexo hidroviário;
D ) estende-se por outros países latino-americanos;
E ) é suprida por excelente rede hoteleira.
       


GABARITO
1. D
2. B
3. B
4. D
5. C
6. C
7. C
8. A
9. A
10. D

sexta-feira, 9 de agosto de 2013

A população indígena e a ocupação e Povoamento dos Vales rios Guaporé, Mamoré e Madeira

Como tudo começou"

A História de Rondônia começa antes do descobrimento do Brasil, quando o atual território do estado era povoado por várias tribos de índios.

***Para conhecer mais sobre a população indígena que aqui moravam vamos ler o texto no link abaixo:

 Aqui


Dando continuidade...

O primeiro explorador europeu que teria alcançado o vale do rio Guaporé foi o espanhol Ñuflo de Chávez, de passagem entre 1541 e 1542
Ñuflo de Chávez

Mais tarde, no século XVII, a região foi percorrida pela épica bandeira de Antônio Raposo Tavares, que, entre 1648 e 1651, partindo de São Paulo, desceu o curso do rio Paraná, subiu o rio Paraguai, alcançou o vale do rio Guaporé, atravessou o rio Mamoré, seguiu pelo rio Madeira alcançando o rio Amazonas, cujo curso finalmente desceu até alcançar Belém do Pará.
Escultura representando o bandeirante Antônio Raposo Tavares
no Museu do Ipiranga. Altura: 3,50 metros.

Tendo ainda alguns missionários se aventurado isoladamente pela região, no século seguinte, a partir da descoberta de ouro no vale do rio Cuiabá, os bandeirantes começaram a explorar o vale do Guaporé. 


Por esse motivo, em 1748, as instruções da Coroa portuguesa para o primeiro Governador e Capitão General da Capitania do Mato GrossoAntônio Rolim de Moura Tavares (1751-1764), 



foram as de que mantivesse - a qualquer custo - a ocupação da margem direita do rio Guaporé, ameaçada por incursões espanholas e indígenas, oriundas dos povoados instalados à margem esquerda desse curso fluvial desde 1743 (a saber: Sant'Ana, na foz do ribeirão deste nome; São Miguel, na foz do rio deste nome; e Santa Rosa, nos campos deste nome, depois transferida para o local onde foi conquistada por tropas portuguesas, na margem direita do rio Guaporé).


Trecho do Texto

http://pt.wikipedia.org/wiki/Hist%C3%B3ria_de_Rond%C3%B4nia


Responda no caderno:
1. Na época da colonização, a mão de obra indígena era usada na:
2.Os indígenas também despertavam a cobiça de bandeirantes e sertanistas para que:
3. Na década de 1750, a escravização dos índios foi substituída, dando-se preferência:
4. Qual foi o objetivo ao eliminar  as práticas locais da escravidão indígena e tentar atrair as populações residentes para sua esfera de influência:
5. Como ficou conhecido, as políticas de indiferença frente aos massacres étnicos promovidos pelos seringalistas, através dos assassinatos das populações indígenas residentes em áreas de exploração da borracha:
6. Qual o primeiro explorador que atingiu o Vale do Guaporé?



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...